Livros

Uma visão pessoal dos autores da coleção que vai se somar a muitas outras reunidas no site www.bhdecadaum.com.br, em que as pessoas podem relatar as suas histórias sobre cada tema.

Comprar este livro Gostaria de comprar este livro?
Clique no botão acima para fazer o seu pedido!

Fafich

Clara Arreguy

Trecho do Livro

A Fafich abrigava dos esquerdistas metidos a revolucionários, aos alternativos de todos os matizes, naturalistas, vegetarianos, macrobióticos, gente que partia dali para comunidades na roça, gente que fazia terapia de grupo, “gestalt terapia”, homeopatia, acupuntura, antiginástica. Mas não era só isso. Pessoas “normais” também estavam no cardápio. Gente que vivia de mesada e tinha até certo constrangimento de chegar para a aula de carrão, em contraste com a dureza generalizada.

Clara Arreguy

Jornalista, crítica de teatro e editora de cultura nos jornais Estado de Minas e Correio Braziliense, Clara Arreguy nasceu em Belo Horizonte, em 1959. Ainda cursando o ensino médio, começou a atuar no movimento estudantil. Entre 1978 e 1985, já como aluna do curso de Comunicação Social da Fafich, participou ativamente de grupos que lutaram contra a ditadura militar. É autora de Anna Amélia, alma de cristal, uma biografia da poeta Anna Amélia Carneiro de Mendonça. Apaixonada por futebol, é autora da novela Segunda divisão, tendo participado também de coletâneas de crônicas sobre o tema.

Clara Arreguy, em Fafich, bebe na fonte da história recente do país, mostrando o auge do movimento estudantil no espaço da antiga Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais, tendo como pano de fundo a revolução comportamental protagonizada pelos jovens daquela época.