Livros

Uma visão pessoal dos autores da coleção que vai se somar a muitas outras reunidas no site www.bhdecadaum.com.br, em que as pessoas podem relatar as suas histórias sobre cada tema.

Comprar este livro Gostaria de comprar este livro?
Clique no botão acima para fazer o seu pedido!

Centro

Antonio Barreto

Trecho do Livro

Exausto leitor, esqueça o dia, o trampo, o estresse… e o celular, se possível. Puxe caixote, tome assento. Estamos num bar da Beagandaia. E não se preocupe que já pedi o tira-gosto. O melhor da cidade. Ou melhor: o melhor do Baixo Belô, onde a poesia e a algaravia, o céu e o beleléu, o inferno e o contubérnio se misturam.

Antonio Barreto

Nascido em Passos (1954), o contista, poeta, cronista e romancista Antonio Barreto veio para BH em 1970. Aqui estudou História, Letras, Engenharia e trabalhou como trocador, datilógrafo, gráfico, revisor e desenhista. Por muitos anos viveu em quartos, pensões e repúblicas do centro da cidade e na região boêmia conhecida como Baixo Belô. Por sua obra recebeu prêmios, como Bienal Nestlé, Guimarães Rosa, Emílio Moura, Cidade de BH, João-de-Barro, Jabuti, Bolsa Vitae, Literatura Para Todos-MEC. Participou das Bienais do Livro de Bratislava, Barcelona, Bolonha, Frankfurt e Cidade do México. É autor de: O sono provisório, Vastafala, Vagalovnis, Lua no varal (poesia); Reflexões de um caramujo (contos); A barca dos amantes, A guerra dos parafusos (romance); O Papagaio de Van Gogh (crônicas) entre outros.